Como sua marca quer ser vista e reconhecida?

Como sua marca quer ser vista e reconhecida?

Como sua marca quer ser vista e reconhecida?

Sabe quando começa uma propaganda na TV e você já sabe que é daquele determinado banco? 

O que faz isso acontecer é a Identidade Visual que foi bem elaborada e é bem utilizada pela marca.

A Identidade Visual é um conjunto de todos os elementos que representam visualmente uma marca, seja um empresa, um produto ou um serviço.

 Importância da Identidade Visual 

Exatamente como acontece com as pessoas, que se diferenciam em por algum aspecto único e podem ser reconhecidas por uma característica que se destaca como a voz, a risada ou o jeito de andar, as empresas precisam se diferenciar para o público, já que existem muitas outras empresas oferecendo o mesmo produto ou serviço para ele.

Já imaginou se você fosse comprar sabão em pó e todos os fabricantes estivessem usando a mesma embalagem, com um rótulo igualzinho? Esta seria a realidade em um mundo sem identidade visual.

A criação da Identidade Visual de um negócio é um dos pontos mais importantes da criação do negócio em si porque ela tem muitas responsabilidades sobre seus ombros, como:
  • Informar do que se trata o negócio, produto ou serviço representado
  • Transmitir a mensagem que a empresa deseja passar ao mercado
  • Diferenciar a marca entre todas as outas opções do mercado
  • Criar uma relação (quanto mais próxima, melhor!) com o mercado consumidor
Dada toda essa importância, a criação da Identidade Visual requer cuidado, pois cada detalhe importa. Se o traço do logo é mais delicado ou mais encorpado, a imagem transmitida muda também. Se as cores utilizadas são mais alegres ou mais sóbrias, faz toda a diferença na comunicação criada. 

Conceitos de Marketing e de Design, aliados a técnicas e ferramentas específicas, são utilizados e vão sendo alterados com o tempo, já que a comunicação evolui com a sociedade. Por isso as marcas costumam modernizar sua identidade ao longo do tempo, mantendo sua comunicação atualizada com o mercado.

Importante lembrar: como falamos no post anterior, toda essa comunicação deve ser pensada com base em algo muito maior, pois ela é apenas a ponta do Iceberg do Marketing. Ok?

 Dicas para criação da Identidade Visual 

1. Elabore um logotipo muito bem pensado

Ele será usado com muita frequência e em todos os materiais e lugares onde a marca estiver presente. Deve comunicar a essência da empresa, o que ela faz, se é uma marca moderna, divertida ou séria e tradicional.
Cada elemento do desenho é importante e deve ser muito bem pensado.

Logos complexos, com muitos detalhes, devem ser evitados pois quando são impressos em tamanhos reduzidos a visualização é prejudicada.

2. Pesquise e escolha cores que representem bem a marca e o que ela deseja transmitir

As cores utilizadas no logo e em todas as comunicações da empresa com o mercado, por exemplo, fazem parte deste conjunto de elementos. E além das cores principais devem ser definidas as cores secundárias que serão utilizadas em composições diversas, inclusive na composição do site ou do ponto de venda.

3. Analise também a tipologia que se alinhe adequadamente à imagem que a marca deseja ter
 
A fonte utilizada também é parte da Identidade Visual. Chamamos este item de Tipografia e em muitos casos a empresa abre mão de uma figura para seu logo, assumindo apenas o nome da própria empresa, escrito na fonte escolhida para sua identidade.

4. Avalie se é o caso de adotar um mascote para a marca

Ele pode complementar o pacote de elementos da Identidade Visual e apoiar a identificação do posicionamento da marca por parte do consumidor.

 E depois de criar, use-a muito bem! 

Mas afinal, como se utiliza a Identidade Visual? No site, no cartão de visitas, folders... E é só?

Não!

A Identidade Visual da empresa deve permear toda forma de interação dela com o mercado, incluindo até mesmo os seus fornecedores e parceiros. Todo o ambiente físico e virtual deve ser construído considerando suas cores e formas.

Numa loja física toda a fachada, interior da loja, móveis, iluminação e decoração em geral vão mostrar como a marca deseja ser conhecida pelo seu público. O logo da empresa pode estar no guardanapo de papel que é fornecido ao cliente, na roupa e acessórios dos atendentes, no papel de seda que embala a peça adquirida antes que ela seja colocada na sacola que também é feita nas cores da empresa e leva o logo em destaque e até na placa de identificação dos sanitários.

Havendo ou não uma loja física, os documentos da empresa devem ser redigidos em um papel timbrado (mesmo os documentos virtuais), o email deve estar alinhado e conter o logo na assinatura, sem falar na apresentação institucional (claro!).

E o trabalho não para por aí, já que há todo um cuidado necessário com a padronização desta Identidade Visual criada com tanta dedicação. Mas este assunto será tema de uma próxima postagem.

Então, esperamos você de volta!